Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Mais um alegre blog...?!

Enfeitado , disfarçando; traduzindo: as horas, o tempo que passa, inexorávelmente, e sentindo os sentidos da minha vida e de tudo e todos os que minha alma toca e abrange. Bem vindos a este meu Universo.

Mais um alegre blog...?!

Enfeitado , disfarçando; traduzindo: as horas, o tempo que passa, inexorávelmente, e sentindo os sentidos da minha vida e de tudo e todos os que minha alma toca e abrange. Bem vindos a este meu Universo.

'Greta Thunberg acusa líderes mundiais de lhe roubarem os sonhos e a infância'

     O clima diz respeito a todos. A Civilização está em risco iminente, estamos em risco iminente de sofrer mais fortemente as consequências do aquecimento Global. As pessoas não querem acreditar, mas a informação está aí para ver. E há quem sinta com o coração antes mesmo de ter visto as evidências, Greta Thunberg é o símbolo dessas pessoas. A ganância leva este Mundo à destruição, a economia não gera um Mundo sustentável. Resta-me, pessoalmente, a esperança de que Algo Maior apazigúe esta dor de não saber o que fazer, senão saber que não há como voltar a sentir esperança (sem fundamento, sabendo o que se sabe agora agora. Volta 'desconhecimento'): esperar que que aconteça o que acontecer, tudo tem de acontecer como acontece, compreendida a finitude de quem somos perante a infinidade do que podemos observar.

 

<<

Greta Thunberg.jpg

 

 

A jovem ativista sueca Greta Thunberg criticou hoje os líderes mundiais pela inação face às alterações climáticas e acusou-os de lhe roubarem os sonhos e a infância.

 

“Como é que se atreveram? Vocês roubaram-me os sonhos e a infância com as vossas palavras vazias”, disse a jovem defensora do ambiente em Nova Iorque no início da Cimeira da Ação Climática, convocada pelo secretário-geral da ONU, António Guterres.

“Eu não devia estar aqui, eu devia estar na escola, do outro lado do oceano”, afirmou, emocionada, a jovem que lançou o movimento Greve Mundial pelo Clima quando em 2018 decidiu faltar às aulas para protestar junto ao parlamento sueco contra a inação dos políticos em questões ambientais.

No curto discurso que leu na abertura da cimeira Greta Thunberg disse que faz parte do grupo de pessoas com sorte, mas que há gente que sofre e que está a morrer, que há ecossistemas inteiros a desaparecer, e que no planeta se está no início de uma extinção em massa, tudo ao mesmo tempo que os líderes mundiais apenas falam de dinheiro e “dos contos de fadas do crescimento económico eterno”.

“Como é que se atrevem?”, insistiu.

A jovem de 16 anos repetiu factos científicos que confirmam o aquecimento global do planeta e condenou os chefes de Estado e de governo presentes na cimeira, para a qual foi convidada pelo secretário-geral da ONU.

“Vocês deixaram-nos cair. Mas os jovens começam a compreender a vossa traição”, disse Greta Thunberg, acrescentando: “Se vocês decidiram deixar-nos cair, eu digo-vos: nós nunca vos iremos perdoar. E não deixaremos que vocês se vão embora assim”.

“O mundo está a acordar e a mudança a chegar, quer vocês gostem ou não. Obrigado”, concluiu a jovem, muito aplaudida.

 

>>

 

Fonte de citação: https://24.sapo.pt/atualidade/artigos/greta-thunberg-acusa-lideres-mundiais-de-lhe-roubarem-os-sonhos-e-a-infancia

 

 

Siga-me no Facebook
https://www.facebook.com/jorge.carvalho.33449

Climate change -The Facts (2019) - Mudança climática - Os factos

 

 

 

Um Documentário resumidamente atualizado e abrangente sobre a situação grave que o nosso Planeta poderá passar, logo nós, a Humanidade, já a seguir, nas décadas vindouras. Urge Consciencializar cada um de nós, humanos, e, em particular, aqueles que mais contribuem para o Problema (do carbono - CO2) e aqueles (aqueles que se esforçam por criar energias Limpas) que mais podem fazer para mudar o rumo do Nosso Mundo e da Humanidade.

 

 

Nota:

Passo o Video que encontrei na internet. Não rentabilizo nada com o site, apenas acho que o Mundo deve ser informado da verdade sobre o clima e das consequências que virão no futuro para a Humanidade. Toda a gente que compreende o que se está a passar no Mundo, pretende sensibilizar todos e em particular aqueles que podem fazer a diferença para um Futuro não catastrófico, para bem de uma Humanidade próspera e presente num Planeta com vida, por muitos mais anos.

 

Siga-me no Facebook

 

https://www.facebook.com/jorge.carvalho.33449

 

O planeta não aguenta este ritmo. “A humanidade está em risco”

Vejam transcrição de :

http://expresso.sapo.pt/sociedade/2015-06-24-O-planeta-nao-aguenta-este-ritmo.-A-humanidade-esta-em-risco

 

SOS Planeta Terra.jpg

 

 

 

 

 

<< 

Portugal está no "top ten" dos países europeus que serão mais afetados pelas alterações climáticas

Carla Tomás

Se as emissões de gases com efeito de estufa continuarem ao ritmo atual, chegaremos a 2100 com as temperaturas do ar a subirem em média mais 3,6 graus celsius que as registadas na era pré-industrial. E isso não augura boa saúde para o Planeta.

"Os dados científicos demonstram que  o nosso planeta não está em boa situação e que a humanidade está em risco", alertou esta quarta-feira Jean-François Blarel, embaixador de França em Portugal e anfitrião da conferência  "Como Portugal vê os desafios da COP21".

A cimeira do Clima de Paris é a última carta a jogar para que os Estados acordem medidas que impeçam as temperaturas médias do Planeta de subir mais de 2 graus celsius até ao final do século.

E "é essencial um bom acordo em Paris, já que não nos podemos dar ao luxo de ter uma segunda Copenhaga", sublinhou o ministro do Ambiente, Jorge Moreira da Silva, na sua intervenção esta quarta-feira de tarde, lembrando o falhanço da cimeira realizada na capital da Dinamarca em 2009. 

Mas o ministro afirmou-se "otimista" quanto aos resultados que sairão de Paris e defendeu que "o combate às alterações climáticas é urgente, custo-eficiente e lucrativo".  

A urgência, sublinhou, deve-se ao conjunto de dados científicos que demonstram que "em 2015, um ano particularmente quente, se registou uma subida média da temperatura de 1,5 graus face à média registada no século XX". Se nada for feito, tendo em conta que "as projeções para 2050 indicam que as emissões de gases com efeito de estufa estão 14% acima do que deviam", chegaremos certamente a 3,6 graus celsius em 2100". Por isso, salientou, "vivemos uma situação verdadeiramente preocupante".  

Moreira da Silva considera que "o combate às alterações climáticas está ao nosso alcance sem erupções tecnológicas". Para o ministro, é possível reduzir em 80% o volume de emissões de CO2 de um modo a que chama "custo-eficiente", porque "o custo será cinco vezes superior se nada fizermos", podendo chegar "a cinco triliões de dólares". E que "o combate pode ser lucrativo", já que "a economia verde cresce 4% ao ano". 

Portugal está no "top ten" dos países europeus que serão mais afetados pelas alterações climáticas e os eventos extremos associados, como a erosão costeira, as inundações ou o stress hídrico. Quanto a Portugal,  Moreira da Silva fez, mais uma vez, questão de repetir os aplausos internacionais pelas suas políticas em torno do de Crescimento Verde e de reforma da Fiscalidade Verde e na aposta nas energias renováveis e na redução da dependência energética do exterior. 

"A Europa não pode deixar de continuar a assumir a liderança que tem tido no combate às alterações climáticas" acrescentou ainda o ministro do Ambiente 

Faltam 190 dias para a Cimeira de Paris, que volta a colocar os holofotes em cima do tema. A questão que se coloca é que sequela pretendem os Estados dar ao protocolo de Quioto, assinado em 1997. O objetivo é fazer todos os esforços para que de Paris saia um acordo que obrigue os países a reduzirem as emissões de dióxido de carbono de modo a que a temperatura média da atmosfera não suba mais de 2 graus celsius até 2100. E que, simultaneamente, sejam atingidos os objetivos do milénio associados ao desenvolvimento sustentável e à redução da pobreza.  

>>

Análise exasperada dos conceitos: humanidade, economia, liberdade e das relações entre os sistemas

 

 

 

Exasperando, todos os dias. Talvez a definição me leve a algum lado. Piorando certas coisas de dia para dia (embora haja algumas que melhorem também), irritado, para dentro, constantemente, faz longos anos. Talvez exasperado signifique crispado, contrafeito e também contraído, tenso. Um emaranhado de definições, umas que nos levam a outras e que me trazem de novo a esta: exasperado. Contrafeito com o que me envolve, encontro respostas para as minhas frustrações também. Como posso eu estar sereno e não exasperado se o que vejo e o que leio não me deixa ficar indiferente? Como posso eu ficar indiferente às notícias que vejo no telejornal, que vejo no jornal, que vejo na revista? Uma menina foi raptada em certa altura, quantas não foram raptadas depois desta? E parece que já foi morta, há indícios disso, um homicídio, de um ser humano, ainda com a vida pela frente ainda para mais, como posso eu ficar indiferente? Como se não fosse humano… mas sou. Violações, crimes, suicídios… dia após dia tudo a vir ao de cima. Coisas (problemas) que me não poderiam dizer respeito, mas dizem, sou humano, pertenço aos homens, e a humanidade busca a perfeição, e para atingir tal, essas coisas não são admissíveis. Nessa busca da perfeição e bem-estar, na busca de múltiplas respostas para as imensas perguntas que nos envolvem com todo o avanço tecnológico, toda a humanidade se atropela uma há outra, a interacção entre os homens é imensa nos dias que correm com tendência a aumentar. A raça é só uma, a humana, mas a lei não é igual para todos, a justiça humana é errática e o que move o mundo moderno é a economia e os números, no geral. O homem moderno ambiciona muito os bens materiais, de uma maneira geral, e em poder económico como se esse fosse o fim para que se vive, como se o outro fosse mais um numero nesta teia imensa que é a humanidade. Nem sempre foi assim, houve tempos em que o homem valorizava o interior e os sentimentos, o que era genuíno na humanidade. O homem antes de ser homem já era animal, mas não se restringiu ao que era, para bem da sua sobrevivência enquanto espécie, e agora quer tornar-se num Deus, fazendo uma justiça que há – de ficar aquém de justa, querendo transformar o mundo como se o mundo um dia se tornasse melhor só porque ele o transformou à imagem dele, do sonho que persegue. Como posso ficar indiferente às alterações climáticas que estão acontecendo em nome da liberdade do homem, que tem por base essa economia, e num sonho inalcançável como é a perfeição, esquecendo-se e afastando-se daquele que é o seu lar, que é a terra? ‘O homem é lobo do homem’ (Thomas Hobbes, filósofo inglês). Para mim a espécie humana compete neste momento, como sempre, segundo ‘a lei do mais forte’, só que num nível mais evoluído do conhecimento e inteligência, mas está cada vez mais longe das origens, ou será cada vez mais perto? ‘Do pó vieste e ao pó hás – de voltar’. Talvez a perfeição seja um equilíbrio entre coisas perfeitas e coisas imperfeitas. Parece-me isso o mais evidente, a perfeição não é um estado, um facto, mas um momento, e assim há coisas e momentos perfeitos e há coisas e momentos imperfeitos. Tem que haver o pobre e o rico, o inteligente e o ‘burro’, alegria e a tristeza… Não se consegue um estado para sempre. A perfeição não deve ser uma meta mas uma constante universal de equilíbrio onde desajustes desse equilíbrio tendem a fazer movimentar sistemas que estão em interacção dentro desse sistema maior em equilíbrio e que formam um todo (um outro sistema) e que tendem para um novo equilíbrio.  Logo, nem sempre seremos inteligentes, nem sempre estaremos em baixo na vida – teremos momentos melhores e momentos piores e talvez o pobre nem tenha sempre que ser pobre, talvez ele veja ‘a luz’ e consiga singrar na vida e vir a ser rico, talvez porque um outro rico deixou o lugar vago e passou a ser pobre – relacionando isto com economia.

Termino assim, um pouco menos exacerbado com o mundo humano. Talvez as coisas tenham que acontecer como acontecem, talvez o assassino aja como aja movido por desequilíbrios no sistema que o envolve e o faz agir assim. O sistema maior que engloba todos estes sistemas, o universo, é o sistema de onde vimos e para onde vamos. Concluo por hoje que tudo é uma passagem, e a nossa vida depende da interacção do nosso sistema, que somos cada um de nós, com os sistemas que nos envolvem. Nada depende somente de nós, mas nós podemos fazer a diferença em relação ao que se pode passar no nosso futuro, imediato ou posterior.

 

Siga-me no Facebook
https://www.facebook.com/jorge.carvalho.33449

ImTranslator - Tradutor (extensão para Firefox e Chrome) - Translator (extension for Firefox and Chrome)

Firefox: Firefox Extension Chrome: Chrome Extension

Pesquisar

 

Player de Musica com Lista

Como Melhorar performance do blog ! - Blog best performance, how to Do It ! How to TRANSLATE!

Este Blog não contem malware, apenas contadores de analytics pelo que funcionará 100% perfeitamente em qualquer browser que não contenha bloqueadores. Apesar da atualização do Blog e da sua melhor compatibilidade com todos os browsers, tenham atenção às opções de configuração, caso tenham extras como No script, ghostery, Adblock ou outros deste tipo, o ideal é permitir tudo na página. FOR TRANSLATION INSTALL ---> ImTranslator: For other languages to translate, for firefox and Chrome and Opera, use the extra/addon ''ImTranslator''; Se querem ver a página com DARK MODE usem o extra/addon: ''Dark Background and Light Text'' disponivel para Firefox e Chrome. Ativem também o MODO DARK dos BROWSERS

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

DOWNLOAD DO BLOG

Façam o download dos conteudos do Blog em formato xml, incorporado em .zip Atualizado até 18 de Maio de 2021: https://drive.google.com/file/d/11wzX0OvyufoxKh0wV7YX04dJTrHF9f-8/view?usp=sharing

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2009
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2008
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2007
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2006
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D

Mais sobre mim

foto do autor

G

Calendário

Setembro 2021

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930

Ga