Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Mais um alegre blog...?!

Enfeitado , disfarçando; traduzindo: as horas, o tempo que passa, inexorávelmente, e sentindo os sentidos da minha vida e de tudo e todos os que minha alma toca e abrange. Bem vindos a este meu Universo.

Mais um alegre blog...?!

Enfeitado , disfarçando; traduzindo: as horas, o tempo que passa, inexorávelmente, e sentindo os sentidos da minha vida e de tudo e todos os que minha alma toca e abrange. Bem vindos a este meu Universo.

BEAUTIFUL B&W PHOTO (6, October 2017)

BWphoto.jpg

BEAUTIFUL B&W PHOTO
 
     Num mundo de um Blog, a escuridão não pode ser completa, a música preenche-nos os sentimentos e marca momentos. As palavras, muitas vezes, são demasiado subjetivas, fortes ou desinteressantes. As imagens ganham lugar também.
 
 
 
Créditos para:
 
 
 
 
Siga-me no Facebook
https://www.facebook.com/jorge.carvalho.33449

Sentindo infinita esperança e determinação

     << Uma criança dotada de infinita esperança e determinação, mas que é dominada por suas inseguranças e uma permanente má sorte, e aqueles que o cercam muitas vezes se aproveitam disso >>.

     Assim começo, hoje, aqui. Adivinhem a quem se refere a citação.

     Pode referir-se a alguns de nós, nessa fase das nossas vidas. Fase que tão marcante é para todos e que, pensa-se, marcará indelevelmente quem seremos, se é que já não estamos condicionados a actuar de determinada maneira segundo aquilo que sentimos e aparentamos ser, etc, para abreviar a questão que permanece por entender, se é que já não foi entendida mas ainda não chegou a toda a gente, Genética VS Ambiente. Ou talvez a citação já não se refira a alguns, porque, talvez todas as crianças de hoje sejam superdotadas de capacidades sociais, emocionais e inteligências soberbas, sendo que tudo aquilo a que a ideia da citação se refere esteja, felizmente, ultrapassado. Invejo-as, se for assim, de não ter nascido no tempo certo para ser como elas, sem, no entanto, estar insatisfeito com o que sou, enquanto, de algum modo, estiver conectado em algum tipo de sintonia com o Mundo, enquanto tiver a minha saúde fisiológica mínima, enquanto tiver, ao menos, uma oportunidade de viver mais um dia. Neste Mundo da escrita que pode ter sentido ou não, algumas vezes propositado, eu revejo-me ao escrever sabendo que o meu acto ganhará sentidos que são fractais (no sentido do tipo de uma ramificação de uma árvore, assim o é também a forma como a evolução dos seres do mundo se deu, ou seja, fazemos parte de uma grande árvore que teve inicio numa semente, falando em conceitos gerais, num ser orgânico que seria primeiro uma simples célula, à cerca de 4 mil milhões de anos, para não irmos um pouco mais além, ainda, nesta imensidão tão difícil de entender, mas que faz sentido se assim o procurarmos, ou se a sorte nos permitir entender, se isso de entender for sorte…), tentando fazer-me de conhecedor (o que acabei de fazer chamamos de humildade, à moda do Filósofo Sócrates da Grécia antiga, humildade incómoda para determinadas pessoas, certamente). Parece-me que ao agirmos, e eu diria mesmo mais, que, ao pensarmos, isso acontece a cada um de nós, sejamos humanos ou não, as consequências tornam-se fractais, num sentido de como uma árvore cresce a partir de uma semente, se assim puder exemplificar rapidamente. Assim será o Efeito Borboleta, muito provavelmente. O efeito fractal tende para o finito, dentro do infinito, como pude reter.

     E ao dizer isto não disse nada de novo, para alguns…. Parabéns a esses que assim o sentiram, são infinitamente melhores do que eu a entender as coisas. Mas eu posso falar para mim? Monologar? Sim, mas se o monólogo for visto por outros isso dará outro sentido ao monólogo, haverá uma avaliação do que é dito no sentido de para a próxima se fazer melhor, assim como o evolução a dita, seja isso manifesto ou não. Podemos mudar o Mundo como Eric Clapton canta maravilhosamente Change the World. Agora, se é para melhor (que podemos mudar o mundo), só vendo o resultado das nossas acções, mas acho que no fundo, somo apenas mais uns seres usufruidores do que esta terra nos tem para oferecer, e apesar de auto intitulados inteligentes, não conseguimos parar um ímpeto superior que terá que se cumprir, e que nenhum ser, numa ‘posição superior’, passe o conceito, pode mudar. Mas, mesmo, muitos dessa ‘posição superior’ agem como que não querendo saber das consequências de seus actos, alguns que tem o poder de influenciar positivamente mais marcadamente essa mudança ou pelo menos estão, aparentemente, nessa posição de poder influenciar muito os destinos da terra não o fazem, no entendimento que temos no presente, porque até podem estar a agir bem e a gente pensar que não, mas, dificilmente será assim. Não podemos retirar o direito à vida, mas não podemos ignorar que todos somos diferentes na nossa maneira de pensar o Mundo, e que essa diferença acentuada pela quantidade de seres usufruidores e consumidores desta terra, a continuar assim, muito rapidamente irá levar a algo que é impensável para a maioria das pessoas que continuarem a ignorar o apelo de vozes de perigo iminente, o futuro está já aí e todos temos direito à vida, mas uns mais do que outros, será sempre assim. E conversa é só conversa, a realidade fala mais alto, ainda para mais neste mundo de imagem e comunicação instantânea em que nos encontramos. Talvez haja esperança para muita gente, que conseguirá adaptar-se apesar de toda a adversidade, e os seus descendentes serão os últimos a desaparecer. Essa esperança, nesses termos, não reside em mim. Somos o que somos, acontece-nos o que nos acontece por uma ou mais razões que poderemos ou não descobrir, ou vislumbrar, pelo menos, tentando.

     A simplicidade e/ou a humildade fere. Compreendo que eu compreendo isso dessa maneira na minha vida, porque me foi dado a entender dessa maneira na minha vida, repito. Decerto, a simplicidade fere e escandaliza quando os seres que envolvem essa simplicidade se acham superiores e inconcebível que possa existir a simplicidade e a humildade no ato de agir. Mas ainda está para vir, talvez, o dia em que esses dois conceitos se tornarão em uma força que é desvalorizada, porque certezas não há na idealização, e, no entanto, ela pode estar já a dar-se sem que se apercebam os valentões do mundo. Talvez se esteja a dar um vice-versa, em muitos aspectos da vida.  

     Penso (tenho para mim) que a fisiologia de uma pessoa, poderá estar relacionada com aquilo que essa pessoa poderá fazer na vida, esses são os limites que não poderão ser ultrapassados só com o passar do Tempo. Como pode uma Psiquê trabalhar bem num corpo com uma fisiologia que não corresponde? As pessoas evoluíram para adaptar-se a determinados espaços e situações, sem esquecer que a evolução faz tentativas, e quem tem o azar de ser uma tentativa mal adaptada tende a sofrer a ‘rejeição’ natural da evidência da sua condição. Mas, certamente, se não se insistir naquilo que não se conseguirá fazer jamais, e se se procurar as situações e lugares certos para se estar, se for possível encontrá-los, poderá ainda assim viver segundo o que é. A ‘má sorte’ poderá ser minimizada, se se tiver a sorte de poder fazer por isso. Pessoalmente, não aceito rótulos, não posso admitir isso. E se eu tiver um Padrão que possa explicar, simplesmente, o que eu sou e o que eu faço, mesmo que ele seja negativo e eu não o aceite, quero compreender o porquê de eu pertencer a esse Padrão.

     A incompreensão reina nas pessoas, algumas pessoas, tendemos a pensar que os outros vêem e sentem como nós, por nós conseguirmos, os outros também conseguem, se assim fosse, qualquer um era qualquer coisa, ‘todos seriam capazes de’, todos eram os melhores, mas não. A minha verborreia tal como a da entropia das palavras do mundo tendem a ocultar o que está correto, as veias do que é a verdade, do que é a essência do conhecimento, trazido por essa mesma entropia de palavras que circulam. Até tenho medo das pessoas e das suas reais intenções, porque tendo a acreditar que sei o que vai por trás das coisas que se manifestam, embora eu teime em não querer acreditar cabalmente, ainda, nisso.

     A citação com que comecei, é da seguinte página: https://pt.wikipedia.org/wiki/Charlie_Brown , que caracteriza a personagem Charlie Brown. Quem estavas a pensar que caracterizava?

 

Charlie Brown.jpg

 

 

Siga-me no Facebook

Testemunho de Bono Vox - Quem é Jesus para Bono - Entrevista de Bono Vox para o programa "The Meaning of Life" - Video

Video:

     Testemunho de Bono Vox - Quem é Jesus para Bono
Entrevista de Bono Vox para o programa "The Meaning of Life"

 

 

Siga-me no Facebook

 

 

 

Something to Write Home About [Round Butte Overlook near Madras -Oregon, USA]

Round Butte Overlook near Madras -Oregon USA.jpg

 Something to Write Home About

 

 

Num mundo de um Blog, a escuridão não pode ser completa, a música preenche-nos os sentimentos e marca momentos. As palavras, muitas vezes, são demasiado subjetivas, fortes ou desinteressantes. As imagens ganham lugar também.

 

Créditos para:

 https://www.flickr.com/photos/131934609@N04/

https://www.flickr.com/photos/131934609@N04/37485986932/in/explore-2017-10-05/

 

 

 

Siga-me no Facebook

 

 

Sunrise in Rio de Janeiro (23 de Setembro de 2017)

Sunrise in Rio de Janeiro 23set17_1.jpg

Sunrise in Rio de Janeiro

 

Num mundo de um Blog, a escuridão não pode ser completa, a música preenche-nos os sentimentos e marca momentos. As palavras, muitas vezes, são demasiado subjetivas, fortes ou desinteressantes. As imagens ganham lugar também.

 

Créditos para:

 

https://www.flickr.com/photos/fluzao/

 

https://www.flickr.com/photos/fluzao/23498097918/in/explore-2017-09-27/

 

 

Siga-me no Facebook

 

 

 

Grand Teton national park - USA

Grand Teton national park USA.jpg

Grand Teton national park

 

Num mundo de um Blog, a escuridão não pode ser completa, a música preenche-nos os sentimentos e marca momentos. As palavras, muitas vezes, são demasiado subjetivas, fortes ou desinteressantes. As imagens ganham lugar também.

 

Créditos para:

https://www.flickr.com/photos/from-reinier/

https://www.flickr.com/photos/from-reinier/37226666310/in/dateposted/

 

 

Siga-me no Facebook

 

ImTranslator - Tradutor (extensão para Firefox e Chrome) - Translator (extension for Firefox and Chrome)

Firefox: Firefox Extension Chrome: Chrome Extension

Pesquisar

 

Player de Musica com Lista

Como Melhorar performance do blog ! - Blog best performance, how to Do It ! How to TRANSLATE!

Este Blog não contem malware, apenas contadores de analytics pelo que funcionará 100% perfeitamente em qualquer browser que não contenha bloqueadores. Apesar da atualização do Blog e da sua melhor compatibilidade com todos os browsers, tenham atenção às opções de configuração, caso tenham extras como No script, ghostery, Adblock ou outros deste tipo, o ideal é permitir tudo na página. FOR TRANSLATION INSTALL ---> ImTranslator: For other languages to translate, for firefox and Chrome and Opera, use the extra/addon ''ImTranslator''; Se querem ver a página com DARK MODE usem o extra/addon: ''Dark Background and Light Text'' disponivel para Firefox e Chrome. Ativem também o MODO DARK dos BROWSERS

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

DOWNLOAD DO BLOG

Façam o download dos conteudos do Blog em formato xml, incorporado em .zip Atualizado até 18 de Maio de 2021: https://drive.google.com/file/d/11wzX0OvyufoxKh0wV7YX04dJTrHF9f-8/view?usp=sharing

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2009
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2008
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2007
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2006
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D

Mais sobre mim

foto do autor

G

Calendário

Outubro 2017

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031

subscrever feeds